Categoria: Empacotamento

26 de abril de 2022

Capacidade produtiva de empacotadoras: quantos pacotes por minuto meu equipamento pode produzir?

Você sabe como é medida a capacidade produtiva de uma empacotadora? A velocidade de uma empacotadora automática é definida pela quantidade de pacotes acabados que ela pode produzir em até um minuto.

Esse número normalmente é representado pela sigla “PPM” – pacotes por minuto. Porém, essas velocidades variam com base em muitos fatores. Continue a leitura e descubra quais são!

Conheça as variáveis de velocidade das máquinas empacotadoras

As taxas de produção em máquinas empacotadoras automáticas podem variar de acordo com:

  • A quantidade de linhas de produtos
  • O produto a ser embalado
  • O processo e o layout a ser utilizado

Você deve estar atento a estas informações do seu produto e do seu processo para saber com exatidão quanto o seu maquinário produz. Veja, abaixo, a velocidade de cada modelo de empacotadora automática da Indumak e sua capacidade produtiva.

Leia também: Empacotadora automática: produtividade e eficiência para o seu negócio

Os aumentos de produção ou a queda na quantidade de unidades produzidas por minuto dependem de todas as informações mencionadas anteriormente, além da qualidade do filme plástico e de seu armazenamento, da capacitação do operador e demandas das linhas que antecedem o empacotamento.

Se suas necessidades estiverem abaixo da quantidade mínima exigida, considere equipamentos intermitentes ou semiautomáticos. Um especialista em equipamentos de embalagem pode analisar suas necessidades e lhe auxiliar no processo de automação.

Um sistema automatizado deve ser ponderado em relação aos potenciais ganhos futuros.

Principais pontos para definição de um equipamento

Confira os 2 pontos principais que auxiliam na definição do seu equipamento, além da produtividade:

Medida da bobina ou medida do pacote pronto

As máquinas empacotadoras também possuem definições máximas de largura da bobina, restringindo o tamanho de acordo com as limitações do equipamento, normalmente definida em milímetros (mm).

Essas informações e limitações estão totalmente ligadas à produtividade e velocidade, sendo que um pacote em tamanho menor e mais leve é preenchido mais rapidamente com produto, do que pacotes maiores com pesos maiores.

Tipo de pacote

Os pacotes podem ser de diferentes formas, sendo do mais simples, conhecido como almofada, até os modelos que se posicionam em pé nas prateleiras, conhecidos como Stand-Up Pouch: doypack, fundo plano, seis soldas e sete soldas, que possuem mais destaque.

Esses formatos com maior quantidade de soldas são utilizados quando se pretende enobrecer o produto, pois o pacote possui quatro faces bem destacadas: frente, costas, lateral direita e lateral esquerda. As soldas podem exigir maior tempo produtivo pela estrutura mecânica do pacote.

Todas essas informações, unidas com os requisitos básicos de instalação exigidos pela Indumak, como energia e suprimento de ar comprimido adequados e o tipo de produto e o modelo de dosador aplicado completam o índice chamado de velocidade.

Leia também: Os tipos de plástico e as técnicas de solda para cada um deles

Quer saber mais sobre cada uma das nossas opções de empacotadora automática e garantir maior eficiência produtiva na sua empresa? Acesse aqui para solicitar nosso atendimento, orçar seu equipamento e conhecer as opções de financiamento.

COMPARTILHE:
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin


    Notice: is_404 was called incorrectly. Conditional query tags do not work before the query is run. Before then, they always return false. Please see Debugging in WordPress for more information. (This message was added in version 3.1.0.) in /home/blogindumakcom/public_html/wp-includes/functions.php on line 5663

    Notice: is_search was called incorrectly. Conditional query tags do not work before the query is run. Before then, they always return false. Please see Debugging in WordPress for more information. (This message was added in version 3.1.0.) in /home/blogindumakcom/public_html/wp-includes/functions.php on line 5663

    Fatal error: Uncaught Error: Undefined constant "WP_Rocket\Buffer\WP_ROCKET_PLUGIN_NAME" in /home/blogindumakcom/public_html/wp-content/plugins/clsop/inc/classes/Buffer/class-cache.php:443 Stack trace: #0 /home/blogindumakcom/public_html/wp-content/plugins/clsop/inc/classes/Buffer/class-cache.php(282): WP_Rocket\Buffer\Cache->get_rocket_footprint() #1 [internal function]: WP_Rocket\Buffer\Cache->maybe_process_buffer() #2 /home/blogindumakcom/public_html/wp-includes/functions.php(5107): ob_end_flush() #3 /home/blogindumakcom/public_html/wp-includes/class-wp-hook.php(303): wp_ob_end_flush_all() #4 /home/blogindumakcom/public_html/wp-includes/class-wp-hook.php(327): WP_Hook->apply_filters() #5 /home/blogindumakcom/public_html/wp-includes/plugin.php(470): WP_Hook->do_action() #6 /home/blogindumakcom/public_html/wp-includes/load.php(1097): do_action() #7 [internal function]: shutdown_action_hook() #8 {main} thrown in /home/blogindumakcom/public_html/wp-content/plugins/clsop/inc/classes/Buffer/class-cache.php on line 443