5 tendências da indústria alimentícia para 2021-1
Alimentício

5 tendências da indústria alimentícia para 2021

Nosso artigo sobre as tendências para o segmento alimentício em 2020 foi um dos mais acessados aqui do blog. A gente concorda com nossos leitores: esse tema é muito importante, pois antecipar as previsões é a melhor forma de planejar o futuro do seu negócio.

Para ajudar você a tomar decisões mais assertivas e ajustar as velas da sua empresa ou indústria rumo ao próximo ano, fizemos uma nova seleção de tendências da indústria alimentícia para 2021 alinhadas com as transformações provocadas pela crise econômica e sanitária do coronavírus. Continue lendo para ampliar sua visão de mercado e mantenha-se na frente de marcas desatualizadas.

 

1- Consumidores mais virtuais

Quem está atento ao movimento no consumo causado pela pandemia, já sabe que muitas das transformações que deveriam ocorrer nos próximos anos no mercado de alimentos foram aceleradas. A mudança no comportamento do consumidor já é dada como permanente a favor de compras on-line, tornando a jornada do cliente mais virtual.

Além do delivery, já forte, as compras on-line de insumos para alimentação também quebraram uma certa resistência que o segmento de perecíveis enfrentava, se comparado a setores como o de perfumaria e eletrônicos, que antes da pandemia já apresentavam um volume de crescimento considerável. Essa maior demanda por compras virtuais deve permanecer mesmo com o fim do coronavírus, forçando empresas de todo o mundo a estabelecerem sua presença virtual.

 

5 tendências da indústria alimentícia para 2021-2

 

2- Aumento da procura por alimentos saudáveis

Outro ponto relevante no comportamento de consumo é a mudança de hábitos do consumidor que, mais atento aos cuidados com a própria saúde, passou a procurar por alimentos mais saudáveis e naturais, tirando do cardápio opções ultraprocessadas. A expectativa é que esses hábitos se mantenham, aos menos em boa parte da população, e se estabeleçam como uma das tendências da indústria alimentícia para 2021.

 

3- Embalagens mais criativas

Essa foi uma tendência prevista para 2020 que deve continuar em voga no próximo ano. Além do papel de proteção do produto, as embalagens do varejo alimentício irão ganhar um novo significado, e novos formatos com dispositivos antiviolação e antifalsificação devem surgir no mercado.

As empresas que optarem pelo redesign da embalagem podem ter boas surpresas com a redução de custos, já que é possível adotar um redimensionamento mais adequado à quantidade de produto. Com essa vantagem já incorporada, as embalagens flexíveis saem na frente como uma excelente opção. Para saber mais sobre esse tópico, acesse o nosso artigo que apresenta o impacto da pandemia na cadeia de embalagens.

 

5 tendências da indústria alimentícia para 2021-3

 

4- À procura da sustentabilidade

Se a sua indústria não considera a sustentabilidade como um de seus principais norteadores, reveja agora mesmo os valores dela. Ser sustentável, no mundo atual e pós-pandêmico, é obrigatório para quem quer continuar no mercado.

Além da óbvia e necessária proteção dos recursos naturais, a sustentabilidade tem aparecido, já há algum tempo, como uma das prioridades do consumidor ao escolher de quais marcas ele irá consumir. Gerações como os millennials e a Z, que está ingressando agora no mercado de trabalho e vem ganhando poder de compra, nem consideram mais comprar de empresas que não estão alinhadas com a proteção do meio ambiente.

O conceito da sustentabilidade precisa ser incorporado desde a escolha do produtor de matéria-prima, passando pela forma de produzir, até a escolha do tipo de embalagem que irá chegar até as mãos do consumidor final.

 

5- Processos produtivos automatizados

Sempre uma preocupação constante no ramo alimentício, a higiene se tornou ainda mais determinante como fator de qualidade com a crise do covid-19. Mais do que agilidade, menor margem de erros e padronização da produção, a adoção de processos produtivos automatizados também reduz a possibilidade de contaminação, seja física, biológica, cruzada ou química.

Outra vantagem da automação é a melhor organização do chão de fábrica. No rol de benefícios, você também conquista a projeção da imagem de ser uma indústria moderna e ganha mais vantagem competitiva frente aos seus concorrentes.

A Indumak é especialista em equipamentos para a automação da etapa de empacotamento de mercadorias. Aqui nós mostramos como preparar sua empresa para empacotar automaticamente.

Quer receber conteúdos como esse direto na sua caixa de entrada e não perder mais nenhuma novidade da Indumak sobre empacotamento automático? Assine a nossa newsletter!

 

Deixe um comentário